Idosos e jovens são os que mais viajam sozinhos pelo Brasil, mostra pesquisa

Idosos e jovens são os que mais viajam sozinhos pelo Brasil, mostra pesquisa

Viajar é muito bom, seja com a família, os amigos, em casal ou mesmo sozinho, ainda que alguns viajantes torçam o nariz quando a opção é desfrutar de um novo destino sem a companhia de ninguém. Apesar de ser uma opção que causa estranheza em algumas pessoas, dados do Ministério do Turismo apontam que o número de viajantes desacompanhados vem crescendo nos últimos anos, sendo que as mulheres são as que mais têm se aventurado nessa modalidade.

Uma pesquisa divulgada em 2017, com 2 mil famílias brasileiras, mostrou que 17,8% das mulheres pesquisadas tinham a intenção de viajar só, enquanto o índice entre homens chegava a 11,8%. A consultora de viagens Ana Carolina, da Flyworld Alphaville, na cidade de Campinas (SP), reforça a informação de que se trata de um número crescente: cerca de 25% das pessoas que buscam pacotes de viagens na agência estão interessadas em viajar sozinhas.

O perfil dos viajantes é composto de pessoas solteiras, com idades entre 18 e 24 anos, mas trata-se de uma realidade que vem se alterando. “Nos últimos anos, o número de idosos que procuram por excursões que possam fazer sozinhos aumentou significativamente, chegando até a mesma porcentagem dos jovens”, diz Ana Carolina.

Os destinos nacionais mais procurados são: Porto Seguro (BA), Rio de Janeiro (RJ) e Florianópolis (SC). “O clima festivo de ambas as cidades, as diversas oportunidades de entretenimento, seja ele diurno ou noturno, são o que atraem o turista que viaja sozinho para esses locais, pois a chance de fazer novas amizades é imensa”, explica.

Para quem procura uma viagem internacional, os destinos mais escolhidos são Amsterdã, Praga, Barcelona e Copenhague. “Quando monto um roteiro para o cliente que opta por viajar sozinho, indico os melhores lugares para comer, horários dos metrôs/trens, valor dos tickets e horário de funcionamento dos principais passeios da cidade, entre outros. Dessa forma é possível se divertir muito e com segurança”, esclarece Ana Carolina.

Os viajantes que terão sua primeira experiência devem ficar de olho nas dicas de quem entende do assunto. “Quem vai viajar sozinho precisa planejar o roteiro e levá-lo impresso, por segurança. Fazer cópias dos documentos é importantíssimo, principalmente em viagens internacionais. Conhecer um pouco do idioma local facilitará a viagem, assim como hospedar-se em um hostel, onde é possível fazer amizades com mais facilidade. Tente levar o mínimo de coisas possível para sua mobilidade não ficar prejudicada e, acima de tudo, saiba administrar o seu dinheiro”, finaliza.

Deixe um comentário